Glossário

Nada melhor que um glossários para que as pessoas que não entendem alguns termos que posto diariamente, passem a entende-los.
esta página será atualizada constantemente

LAN
Local Area Network, ou rede local. Qualquer rede de micros que englobe um pequeno espaço, uma sala, um andar ou mesmo um prédio. Como estas pequenas redes são de longe as mais numerosas atualmente é comum ver o termo LAN usado até mesmo como sinônimo de rede.

DLL
Dynamic Link Library, são arquivos que contém rotinas e funções que podem ser utilizadas pelos programas. O mesmo programa pode utilizar várias DLLs diferentes e a mesma DLL pode ser usada por vários programas. O uso de DLLs visam facilitar o trabalho dos programadores, que podem utilizar funções que já estão prontas em alguma DLL ao invés de ter de criá-las do zero.

NTLDR
Significa NT Loader. Este é o gerenciador de boot do Windows NT, Windows 2000 e Windows XP, um pequeno programa que fica instalado no setor de boot do HD, responsável por inicializar o sistema. O NTLDR serve também para o caso do usuário manter o Windows 95/98/Me em dual boot com um dos representantes da família NT. Neste caso o NTLDR exibe um menu de opções durante o boot pedindo que o usuário escolha qual sistema quer inicializar. O conteúdo do menu fica guardado no arquivo BOOT.INI, no diretório raiz, que pode ser editado usando um editor de texto qualquer ou através de uma ferramenta presente no Painel de controle > Sistema.

ATA 33
É o mesmo que UDMA 33, Ultra ATA 2 ou ainda ATA 4. São as interfaces IDE capazes de transmitir dados a 33 MB/s. Na prática as taxas máximas são um pouco menores, pois estes 33 MB/s incluem sinais de modulação, controle e retransmissões, mas a grosso modo estas interfaces, geralmente encontradas em placas mãe fabricadas entre 97 e 99 são suficientes para utilizar HDs de 20 ou 30 GB sem perda de performance. Naturalmente é possível utilizar HDs maiores e mais rápidos, mas nestes casos a interface pode representar um gargalo, principalmente ao utilizar dois HDs na mesma interface IDE ou vários HDs ligados em RAID.

RAID
RAID é a abreviação de Redundant Array of Inexpensive Disks (conjunto redundante de discos baratos) ou Redundant Array of Independent Disks (conjunto redundante de discos independentes).
Para quem precisa de HDs mais rápidos, ou com uma capacidade muito maior, a melhor opção é montar um sistema RAID, onde é possível somar a capacidade e o desempenho de vários HDs, ou então sacrificar parte do espaço de armazenamento em troca de mais confiabilidade.

ASP
Active Server Pages, linguagem de programação para a Internet, que vem sendo bastante usada, por ter bons recursos e ser fácil de aprender se comparado a outras linguagens como o C.

SAN
Storage Area Network, é um tipo de armazenamento de dados – a nivel de empresas na maioria das vezes – para alguns (em alguns casos, centenas) de disco rigidos gerenciado por uma controladora inteligente. Isto permite uma maior eficiencia em gerenciamento de disco, dimunição do custo total de propriedade e um crescimento no retorno do investimento. E o mais importante, se um disco da pau, você não perde os dados. Importante: configurado corretamente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s